Em Alagoas é obrigatório a emissão da Nota Fiscal NFC-e – Confira os prazos

Em Alagoas é obrigatório a emissão da Nota Fiscal NFC-e – Confira os prazos na tabela abaixo. Desde que foi liberado o uso de forma voluntária centenas de empresas aderiram a emissão NFC-e no estado. O uso da NFC-e passa a ser obrigatório para as empresas com receita bruna anual igual ou superior a R$15 milhões; novas empresas também se encaixam, desde que esperem obter uma receita bruta anual superior à R$120 mil.Em menos de um ano da adesão ao programa o estado de Alagoas atingiu o marco de 1,4 milhão de notas fiscais de consumidor eletrônica transmitidas. Isso provavelmente aconteceu porque, no mesmo intervalo, 245 empresas se cadastraram no projeto, que tem sucesso devido a redução de custos e tempo através da modernização dos procedimentos e dinamização de vendas.

Veja o prazo para migração da sua empresa:

Abril/2017 Obrigatoriedade para empresas com receita bruta igual ou superior a R$7,2 milhões
Outubro de 2017 Empresas com receita a partir de R$3,6 milhões
Abril de 2018 Empresas que possuem receita anual bruta for igual ou superior à R$360 mil
Outubro de 2018 Empresas com receita anual bruta superior à R$120 mil.


O documento fiscal que substitui as notas fiscais de venda ao consumidor, modelo 2 e o cupom fiscal emitido por impressora ECF chegou para ficar no estado do Alagoas.

No estado do Alagoas os prazos máximos para conversão para NFC-e continuam até o ano de 2018. As novas empresas que faturam mais que R$120 mil por ano devem aderir de imediato.

É sempre bom lembrar que a NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica) traz a redução de custos para as empresas varejistas com a dispensa do uso da impressora fiscal, o programa ainda conta com a renúncia do uso excessivo de papel e simplifica a compra para o consumidor que agora passa a ter acesso aos seus documentos fiscais através de uma nuvem.

DICA
Lembramos que estamos agora no Brasil diante de uma nova tendência: Economizar 50% em hardware e software na emissão de nota fiscal. Conheça a solução da Arenaplan (http://www.arenaplan.com.br) e aposente de vez a impressora térmica tradicional.

Autor: mardelcardoso_46h7031h

Bacharel em Ciência da Computação-PUC-MG, MIT-Master Information Tecnology-FIAP-SP, Marketing Esportivo-Uniara-SP. 29 anos de experiência em projetos de tecnologia. Especialista em consultoria para projetos de automação comercial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *